sexta-feira, 27 de janeiro de 2012

Por que Darwin se atrasou?

Historiadores tentam entender por que o naturalista inglês esperou mais de 20 anos para publicar A Origem das Espécies.
Imagine o susto que Charles Darwin deve ter levado em 1858 ao receber a carta do também naturalista Alfred Russel Wallace, com quem havia trabalhado, comunicando a descoberta da evolução das espécies pela seleção natural, assunto que ele próprio havia passado os 20 anos anteriores estudando em segredo do grande público. O que deveria fazer? Ignorar o trabalho de Wallace, que havia confiado nele, publicar seus achados e ficar com a glória sozinho? Na Inglaterra do século XIX, a lealdade era tudo e Darwin não podia trair seu companheiro. Ocorreu que o anúncio da descoberta independente dos dois cientistas foi feito simultaneamente em 1858, na sociedade Lineana de Londres. E sua famosa obra, A Origem das Espécies, foi lançada no ano seguinte...

  Uma questão, porém sempre fascinou os historiadores. Por que, após descobrir o processo de seleção natural em 1838, Darwin demorou duas décadas para tornar sua idéias públicas? Teria ele planejado esperar até a morte, como Copérnico, por medo de perseguição religiosa? Ou teria sido forçado a mudar os planos em razão da carta de Wallace?

Seus biógrafos não sabem quanto tempo ele teria demorado a publicar suas conclusões. Mas, mesmo assim, têm como certo que a religião contribuiu para essa demora. Naquela época, ela ainda exercia bastante influência sobre a ciência. E muitos cientistas aceitavam a palavra da Bíblia literalmente. Ou seja, acreditavam que o mundo e as espécies vivas eram imutáveis e tinham sido criadas por Deus cerca de 6 mil anos atrás.

  Agora, o historiador John van Wyhe, da Universidade de Cambridge, alega que a crença de que Darwin tinha receio da reação popular é infundada. Ele pesquisou a fundo a vasta correspondência do naturalista inglês procurando pela palavra “adiar” e não encontrou nenhuma evidência. Sua conclusão é que não há provas que apóiem a idéia de que Darwin optou por postergar a publicação de seu grande trabalho. Em vez disso, diz o pesquisador, durante todo o tempo que levou até comunicar seus achados, Darwin se empenhou em coletar uma quantidade avassaladora de provas de que sua teoria estava certa. Para Van Wyhe, ele estava apenas esperando o momento ideal para publicar a Origem das Espécies. O historiador argumenta ainda, que Darwin nunca escondeu suas idéias de ninguém. Ele apenas não quis divulgá-las.
Após publicar seu livro Darwin foi
ridicularizado por alguns seguimentos
da sociedade.
  Clima Favorável.
  Sua tese encontra oposição entre outros historiadores. David Kohn, editor da Biblioteca Digital de Evolução Darwin, diz que é muito simplista procurar por ocorrências da palavra “adiar” e ignorar importantes fatores sociais e culturais da época. Sabe-se que Darwin com freqüência criticava a religião em suas notas particulares. Em seu segundo livro, A descendência do homem (1871), ele menciona explicitamente que esperou até que o clima fosse mais favorável à recepção de suas idéias.

Fonte:
Matéria retirada e reproduzida integralmente da revista História Viva ano IV, nº44 de junho de 2007. Pág 14.

Leia Também:

2 comentários: