terça-feira, 16 de setembro de 2014

O sal e sua virtudes*.


O sal começou a ser explorado e utilizado para consumo humano há cerca de 10 mil anos, com o início da agricultura, da pecuária e a formação das primeiras comunidades rurais. Logo o ser humano percebeu que ele servia para conservar e realçar o sabor dos alimentos e que podia ser usado para curar feridas. Os romanos o associavam à deusa da saúde, Salva, em cuja homenagem lhe deram o nome de sal.

Sob o Império, os soldados romanos recebiam parte de seu pagamento em sal – daí a palavra salário. Uma das estradas mais movimentadas era a Via Salária, rota por onde circulavam carros cheios dos preciosos cristais. Na África, onde hoje é a Mauritânia, mercadores trocavam sal por ouro – um peso pelo outro.

Atualmente, graças a métodos físicos e químicos, o sal passou a segundo plano como conservante de alimentos. Mas até o final do século XIX era o único agente que preservava certas comidas.

*Reprodução Integral

Fonte: TOMAZI, Nelson D. Sociologia para o ensino médio. Ed Saraiva. 2010

Um comentário: