sábado, 31 de agosto de 2013

Sobre Péricles, UNILA e Roberto Justus

Afff outra vez tenho que escrever sobre isso....

Ódio, preconceito, intolerância, ignorância e prepotência. Esta poderia ser uma matéria de capa da decadente revista Veja, um capítulo do Mein Kampf ou um panfleto macarthistas delirante da época da Guerra Fria. Mas não! É o jornal Primeira Linha de Foz do Iguaçu e sua coluna intitulada EmpresariaALL (que chique hein), cujo responsável é o senhor Péricles Vieira. Quem diria que o grande estadista, orador e democrata grego Péricles, emprestaria seu nome a uma pessoa desta natureza. Péricles (o verdadeiro) neste momento, chora no reino de Hades.
Da mesma forma que não se perde tempo rebatendo as colunas de grandes Antas do jornalismo brasileiro como Olavo de Carvalho, Reinaldo Azevedo ou Diogo Mainardi, eu não deveria perder o meu tempo pra rebater essa filhote de anta. Mas como hoje é sábado e eu já cumpri meu dever com a mãe-pátria de produzir riqueza para meu país essa semana (meu Deus quem pensa assim) eu vou me dar a esse luxo. E capivara que é capivara não tem medo de anta.
A coluna intitulada UNILA: O perigo mora ao lado, é um conjunto de falácias tão mal articuladas que eu não consegui processar mentalmente o objetivo dela. Caetano Veloso, em um famoso vídeo que circula pela internet, certamente diria “Não...você é burro cara, que loucura. Como você é burro. Que coisa absurda. Isso ai que você disse é tudo burrice, burrice. Eu não consigo gravar muito bem isso ai que você falou, porque você fala de uma maneira burra”. Mas burrices e loucuras a parte vamos ao texto em si.
Primeiro ele entende o projeto UNILA, como uma espécie de escola de formar guerrilheiros, que surgiu da megalomania do ex-presidente Lula. Sério que eu preciso responder a essa acusação? O cara é uma piada por si só. Mas se eu fosse ele, já que sua imaginação fluiu nesta afirmação, eu colocaria magia negra, tráfico de órgãos e illuminatis no texto, pois, isso sempre vende. Vamos para próxima loucura.
Péricles (o falso), afirma que nós brasileiros (lê-se Iguaçuenses, apenas) estamos bancando uma legião de párias estrangeiros que deixaram de produzir em seu país natal, para se tornarem petistas aqui no Brasil. Sério, quem deu uma coluna a esta besta? Só escreve um absurdo deste, a pessoa que tem total desconhecimento sobre o objetivo filosófico da instituição, sua atuação e posteriormente sua ação de liderança econômica e política no continente, apoiada por alunos aqui formados. Esse amigo se esquece que o projeto UNILA é de estratégia nacional e Foz do Iguaçu é apenas o local físico, onde esta estratégia ergueu suas colunas.
Por fim, ele chora o fato de que os cursos não atendem as necessidades locais, em parte eu concordo com isso. Contudo desmerecer os cursos já existentes é uma verdeira falta de caráter. E o que ele quer mesmo com essa coluna, não são os cursos que atendam as demandas locais, mas pregar a xenofobia, o preconceito e o ódio. Caso contrário sua matéria teria outro nome.
O que eu realmente entendi deste texto,  é que o nosso novo amiguinho Péricles (o falso), quer que a UNILA tenha cursos de administração pra futuramente fazer sua pós-graduação, paga com o dinheiro do povo brasileiro (pode isso arnaldo?). Para quem sabe, realizar seu sonho de entrar no programa O Aprendiz  com Roberto Justus e concorrer ao tão sonhado emprego de 1 milhão de reais, para nunca mais precisar escrever burrice em uma coluninha escondida de um jornal minúsculo do Oeste do Paraná. Estou torcendo por você ;)
Leia a matéria AQUI.

6 comentários:

  1. esse pericles, não tem palavras para distingui-lo, talvez o mais educado seria LIXO-HUMANO

    ResponderExcluir
  2. O dito cujo me respondeu o seguinte via e-mail:
    "Faço-lhe um elogio e uma crítica.
    O elogio é por citar meu nome ao lado do ditador grego Péricles, do publicitário Roberto Justus e dos cérebros-de-obra Carvalho, Azevedo e Mainardi.
    A crítica é que o texto poderia ter sido menor para economizar meu tempo perdido".

    Obrigado pela audiência,
    Péricles Vieira

    ResponderExcluir